Clique para ver o Mapa
Alguns marcos na história da tecnologia de impressão a laser

A Invenção da Electrofotografia (1938)

Em 1938, Chester Carlson, um advogado de Caltech, descobriu um processo de impressão chamado electrofotografia, que mais tarde tornou-se na tecnologia básica na impressão laser.

Durante nove anos, Carlson tentou “vender” a sua ideia a empresas como a IBM a General Elecrical. Todas recusaram questionando a necessidade de uma máquina para imprimir se existia o papel químico.

Desenvolvimento comercial da Electrofotografia (1949)

Em 1949 a Haloid Co., situada em Nova York, atribuiu um Fundo para a pesquisa nesta área. O objectivo seria desenvolver esta nova tecnologia num processo de impressão a seco. O termo grego “xerografia” foi o nome escolhido para designar a “impressão a seco”.
Mais tarde a pequena Haloid mudou o seu nome para Xerox Corporation.

“914”, a primeira máquina automática de xerografia (1959)

Em 1959 a fotocopiadora Xerox 914 foi introduzida no mercado americano. A 914 mudou o curso da história da comunicação gráfica e da Xerox Corporation. Desde então a tecnologia predominante usada nas fotocopiadoras é o processo xerográfico.

A primeira impressora laser para computador (1978)

Em 1978, a Xerox lançou a impressora laser 9700. Esta foi a primeira impressora laser a ser comercializada. Debitava 120 páginas por minuto. Ainda é a impressora laser mais rápida do mercado. No entanto a 9700 era demasiado grande e o seu preço elevadíssimo.

E depois chegaram as impressoras laser desktop (1984)

No início da década de 80, os computadores pessoais tornaram-se bastante populares, quer em casa quer no trabalho. Com qualidade de texto e gráficos superior, impossível de obter com impressoras matriciais.

Em 1984, a Hewlett Packard lançou a “LaserJet” (8 páginas por minuto). O que distinguia a performance desta impressora era o uso de um elemento “all-in-one” que podia ser substituído: o cartucho de toner. Todo o subsistema desenvolveu-se em torno deste cartucho.

A indústria de remanufacturação de cartuchos de toner nasceu (1986)

O cartucho “all-in-one” foi uma excelente ideia exceptuando o seu custo e as preocupações ambientais que começavam a surgir sobre a sua eliminação.

Em 1986, a indústria de remanufacturação de cartuchos de toner nasceu nos EUA. Desde então tem como objectivo fornecer um produto de qualidade, com menor custo e reduzindo o número de cartuchos nas lixeiras.

Hoje cerca de 50% dos cartuchos utilizados nos EUA são remanufacturados.

 
 
 
   
Nota: Os produtos mencionados apenas mostram a compatibilidade com os respectivos equipamentos.
Todos os produtos são marcas registadas dos seus respectivos fabricantes.
All brands names and trademarks are the property of their owners and are used for identification only.

design
diácria multimédia